Elephant Parade chega a São Paulo pela primeira vez

Seis anos depois das ‘vacas’ invadirem São Paulo na CowParade, chegou a vez dos ‘elefantes’. Cerca de 85 esculturas serão customizadas na Elephant Parade São Paulo 2017, sendo a maior exposição de arte ao livre na história da cidade. A mostra será nos meses de agosto e setembro, sendo antecedida pelas pinturas ao vivo, que acontecerão no Shopping Ibirapuera (junho e julho).

As pessoas interessadas em participar da Elephant Parade São Paulo devem inscrever projetos com a proposta da pintura. Um Comitê de Seleção irá selecionar cerca de 300 projetos, que serão apresentados aos potenciais patrocinadores para escolha. A inscrição de projetos começa em dezembro de 2016 e vai até o final de janeiro de 2017.

Entre os meses de junho e julho os artistas vão fazer a customização das esculturas aos olhos do público e em agosto elas vão ser expostas em avenidas, praças, parques, metrôs e outros pontos de grande circulação de São Paulo.

Leilão Beneficente
O encerramento da exposição será em outubro, com a realização de um leilão beneficente das esculturas.

Parte do valor arrecado será dividido entre projetos de preservação do elefante, entidades beneficentes de São Paulo e os artistas participantes.

 

Negócios

Para as empresas, o evento oferece uma oportunidade de marketing diferenciado, aliado à cultura e filantropia e visibilidade durante todo o período da exposição. Estima-se que o evento gere mais de R$40 milhões em mídia espontânea aos envolvidos.

A organização que tiver interesse em patrocinar uma das obras, deverá entrar em contato pelo e-mail patrocinios@elephantparade.com.br

 

Evento mundial
Criado pelo holandês Mike Spits, a Elephant Parade foi inspirada em uma bebê elefante da Tailândia, a Mosha, que aos seis meses de idade perdeu uma das patas ao pisar em uma mina terrestre.

A Elephant Parade foi a forma encontrada para buscar recursos para cuidar de Mosha, comprar a prótese dela anualmente (uma vez que o tamanho da prótese muda conforme ela cresce), e também ajudar todos os outros elefantes asiáticos que sofrem com as minas e com os maus tratos.

 

Depois de passar por países como Inglaterra, Itália, Holanda, Bélgica, Alemanha, França, Dinamarca, Japão, Estados Unidos, China e Singapura. Em 2015, a Elephant Parade desembarcou na América Latina, com a primeira exposição em Florianópolis. São Paulo será a segunda cidade brasileira a receber a exposição.

 

NÚMEROS

  • 20 cidades já receberam a Elephant Parade, entre elas Milão, Amsterdã e Londres, onde recebeu o prêmio de Evento do Ano, em 2010.
  • 1500 esculturas já foram customizadas para as exposições.
  • 155 mil libras esterlinas (cerca de 675.500,00 reais) foi o valor máximo já pago por uma escultura num leilão do evento.
  • 1,5 metro e 35kg são as dimensões aproximadas de uma escultura de elefante da exposição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *